quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

A velha ponte sentimental

Durante todo esse tempo estive à beira de uma ponte sem saber se pulava ou se descia para o chão firme. Bom, eu me atirei, mas esqueci que nunca soube nadar em águas fundas. Me afoguei nos meus próprios sentimentos, que nunca soube controlar. Por isso os textos sobre você! Por não saber controlar, decidi escrever, mesmo que você não soubesse, era meu jeito de controlar o que eu sinto por você, por não saber controlar muito bem a saudade que sempre tive da sua companhia. Soa meio ridículo, não? 
Então, um abraço, um beijo e até o próximo texto. 

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Sonhei com você. E desta vez foi dormindo, e foi o melhor sonho que já tive.